Pedro e Marcelo – Como Ocê Pôde Abandona Eu Part. Pedro Henrique e Fernando
02/02/2012

Artista: Pedro e Marcelo
Lançamento:2012
Tamanho:
6mb
Formato:
Mp3
Servidor:
4shared
Tour: 2012

Pedro e Marcelo – Como Ocê Pode Abandona Eu
Part. Pedro Henrique e Fernando

Como c’ocê pôde abandoná eu?
Se nóis foi sempre “siliz”
Esse moço nunca te mereceu
E eu sou o que ocê sempre quis (2x)

Aquele zóio verde eu garanto que é lente
O meu é vesgo mas é natural
E aquele volume olhando de frente
É enchimento, aquilo não é normal

O BMW deve se robado
Já meu Belinão ‘ocê me viu comprá
Foram 15 prestação que eu paguei atrasado
Mas só farta duas e eu vou quitá

Agora e que eu quero ver
Você sofrer na mão daquele mané
Eu nunca fiz a sua xana doer
E o apelido dele é tripé

[Refrão]
Como que ocê pôde abandoná eu?
Se nóis foi sempre “siliz”
Esse moço nunca te mereceu
E eu sou o que ocê sempre quis (2x)

Se ele faz Direito eu faço “Enfermagi”
Se luta jiu-jitsu eu jogo dominó
Se ele só bebe whisky Johnny Walker
Eu só bebo Druris e Schincariol

Se nas férias dele vai pra Nova York
Pegue um avião, embarque, desembarque
Muito melhor é lá em Caldas Novas
Quero ver ter água quente lá no Central Park

Agora é que eu quero ver
Quem vai te leva pra lanchar
Coxinha, esfiha e pastel
E dividir o guaraná

[Refrão]
Como c’ocê pôde abandoná eu?
Se nóis foi sempre “siliz”
Esse moço nunca te mereceu
E eu sou o que ocê sempre quis (2x)

Ficar sem você eu não sei se consigo
Você foi embora e me deixou chorando
Beijo a calcinha que você deixou comigo
E no meu Philco-Hitachi tá rolando Wando

E pra terminar ouça o que eu te digo
O que esse home quer é aproveitar d’ocê
Fica comigo, aceite o meu pedido
Nem que seja uma só noite que é pra nói’ metê

[Refrão]
Como c’ocê pôde abandoná eu?
Se nóis foi sempre ‘siliz’
Esse moço nunca te mereceu
E eu sou o que ocê sempre quis (2x)


Thanks!

Thayna  Bitencourt Nem o Google Acha